sábado, 24 de outubro de 2009

Felipe Andreoli

Desde criança, Felipe Andreoli tem 2 paixões: Jornalismo e Esporte. Aos 28 anos, tava trabalhando como repórter esportivo da BAND, quando no dia de folga, visitou o flat do Kild e da Branca. Amigo da Branca, Andreoli soube pela amiga a respeito da Megaliga CQC, mas ele tinha um problema: não sabe qual poder tinha, escondido ou não. Ao visitar o QG da Megaliga CQC, ficou apaixonado pelo Supercomputador. Foi nesse dia que o “Sr. CQC” foi visitar o QG, viu a velocidade que o Andreoli teclava e o contratou como digitador da Megaliga. Mas ao perguntar pro Felipe sobre suas paixões, Marcelo Tas que estava lá, lembrou da raquete usada antes por um jogador que trabalhou como agente secreto e a deu pro Felipe. A raquete, além de jogar tênis, serve como TV, radar e termômetro. Certo dia, Felipe Andreoli estava jogando tênis, quando sem querer tacou uma bolinha na cabeça de Rafinha Bastos, e ele ficou furioso correndo atrás de Felipe. Morrendo de medo, Felipe ficou tão nervoso que desejava sumir dali e parar em qualquer outro lugar. Foi quando aconteceu!!! Felipe descobriu que tem o poder de se teletransportar de um lugar para o outro. Depois de muita prática, ele passou a se teletransportar quando quisesse, e não apenas quando estivesse com os nervos a flor da pele. Esta é uma das razões de porque que ele é o mais usado para fazer matérias pro CQC noutros países, além da razão de ser poliglota. Ele sempre leva consigo nas viagens uma máscara para evitar contágio da gripe suína. Mas Felipe Andreoli tem um ponto fraco: “doces”. Sim, ele é uma formiga, e se os vilões descobrirem que ele tem um fraco por Bomba de Chocolate, Tortinha de Morango ou Cheesecake... Felipe está perdido.

Item: uma raquete que além de usar pra jogar tênis, serve para assistir TV, radar, termômetro, falar com o Tas no QG, o que vier na sua cabeça
Poder: teletransportar de um lugar para outro
Nome em Katakana (um dos alfabetos japoneses): フェリペアンドレオーリ (Feripe Andoreoori)

Nenhum comentário: