quarta-feira, 1 de maio de 2013

Com Schwarzenegger, Pânico dá show em cima do CQC


Quem assistiu aos dois programas da Band neste domingo e segunda-feira viu que ambos foram atrás de Arnold Schwarzenegger no Rio de Janeiro. As pautas eram idênticas: Vesgo e o Impostor, pelo Pânico e Ronald Rios, pelo CQC, tinham a missão de chegar perto do ator e trocar algumas palavras. O que dá para dizer é que a turma de Emílio Surita deu um show.
Vesgo e o Impostor tiveram muitas dificuldades para se aproximar de ex-governador. Tiveram de enfrentar a truculência dos seguranças, gritar e chamar a atenção do astro. Para isso, aliás, os dois se vestiram de Exterminador do Futuro. A fantasia era mequetrefe, mas essa era mesmo a intenção. E a dupla conseguiu: chegou em Arnold, o cumprimentou, conversou, fez brincadeiras e ainda fez o ator sambar (do jeito dele, claro). Schwarzenegger entrou na no clima e foi bem simpático com os integrantes do programa. 
Já pelo lado do CQC, Ronald Rios não conseguiu absolutamente nada. Também gritou, chamou e até chegou perto, mas foi solenemente ignorado pelo ator. Aliás, os seguranças também pegaram pesado com o rapaz, mas isso não sensibilizou Arnold. Ficou até um pouco feio para o CQC. Talvez fosse o caso de não ter exibido essa matéria, principalmente depois de o Pânico ter se saído tão bem.
Ponto de vista por Lina Silva: Eu até agora não distingui bem o Arnold. Ele tem ou não bom humor? Pqq pra um programa ele deu atenção e pra outro nem ao menos virou o rosto para a câmera? Talvez ele foi "educado" com o Panico na Band mas não gostou do que o Pânico fez com ele, entao ao aparecer outro programa humorístico ele deduziu q passaria por todo aquele constrangimento de novo. Portanto nem quis dar atenção! 

Nenhum comentário: