sexta-feira, 31 de maio de 2013

Notícia - "Estamos anestesiados", afirma @MarceloTas


O CQC trata de assuntos da atualidade e discute os problemas da sociedade. E um dos temas que já passou pela bancada foi a violência que está cada vez pior. "A coisa está muito grave, mas o que eu acho mais grave mesmo é que a gente está meio anestesiado e nem sabe mais como ficar indignado. Eu acho que é muito importante a gente não perder essa busca da indignação e claro, de atuar", diz.

O homem de preto comenta inclusive a postura do apresentador do Jornal da Band em uma edição recente: "Foi uma sequência absurda de fatos e eu admiro muito o Boechat, ele foi perfeito e falou 'vocês estão achando que a gente planejou isso aqui para dar audiência? Não, essa é a realidade' e eu creio que nós todos temos um papel importante de não se acostumar com isso e não achar que isso é normal".

Segundo o homem de preto, a banalização do mal e dos crimes fez com que as pessoas esquecessem de muitos pontos importantes. "O valor da vida é muito precioso e cada um de nós de alguma maneira deve saber disso. Para algumas pessoas, esse valor ficou muito depreciado. Não só falando de criminosos, mas de todos nós. Gente que dirige o carro de jeito estúpido, gente que dirige a bicicleta de jeito estúpido também. Enfim, acho que não é o meio que a gente se locomove e nem é o fato de ficar separando bandidos e mocinhos, eu acho que nós é que temos que reaprender essa condição humana, a barra está bem pesada e todo mundo está sentindo" reflete.

"Ficar anestesiado é até uma forma de proteção para não sentir isso tudo e ai você blinda o carro, contrata sistemas de segurança e não é assim que se resolve", conclui.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

@MauMeirelles vai atrás de tornados nos EUA


Ao longo desta semana Mau Meirelles publicou em seu Twitter fotos em Oklahoma, nos Estados Unidos, onde aconteceu recentemente um tornado de classe F5, a mais alta que existe.

O homem de preto visitou diversos lugares destruídos pela força da natureza, inclusive uma escola onde morreram sete crianças. Na porta, os estudantes deixaram lembranças como um livro e um urso de pelúcia em homenagem às vítimas.

Na rede social, Mauricio manteve os seguidores atualizados sobre a viagem e em um dos tuítes declarou: "Hoje chegamos muito perto de ver um tornado. Se rolar amanhã, teremos uma das melhores matérias do ano, com certeza". 

Não perca! A reportagem vai ao ar no próximo CQC, segunda-feira, dia 3. 

Enquanto isso, confira as imagens:

Divulgação/Twitter

Divulgação/Twitter

Divulgação/Twitter

Divulgação/Twitter
Fonte: Blog De Olho na BAND

Morre aos 49 anos Márcio Ribeiro, que apresentou o programa 'X-Tudo'

Morreu aos 49 anos na madrugada desta quarta-feira (29) o ator e humorista Márcio Ribeiro, conhecido por ter sido apresentador do programa de TV "X-Tudo", exibido pela TV Cultura. A informação foi publicada no perfil oficial do ator no Facebook. Segundo o post, ele teve complicações cardíacas.
A Nume Produções, que representava o ator, informou ao G1 que ele estava em Brasília. O comediante estava na cidade para participar do evento "7 Belos Convida", no Teatro dos Bancários, que ocorre às segundas e terças. Na segunda, ele se apresentou normalmente. Na terça-feira à tarde, passou mal. Ele foi levado ao Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). De acordo com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, o comediante morreu às 5h30.

Márcio Ribeiro participou na TV Globo dos programas "Sandy e Junior" e escreveu quadros para o "Domingão do Faustão". Ele atuou ainda na novelinha "Malhação", como o professor Homero. Mais recentemente, fez o papel de Broncoli no humorístico "Os caras de pau", com Marcius Melhem e Leandro Hassum.
Ribeiro esteve por dez anos na TV Cultura. Na emissora, atuou na primeira versão do programa infantil "Rá-tim-bum".
No cinema, o ator esteve nos filmes "Domésticas", de Fernando Meireles, e "Romeu e Julieta", de Bruno Barreto. Segundo a Nume Produções, Márcio nasceu na cidade de São Paulo. O site oficial informa que, além da TV Cultura e da TV Globo, Ribeiro fez parte do SBT, na novela "Brasileiros e brasileiras", no programa "Sem controle" e no "Câmera café", e na Band, onde interpretou o personagem Hugo Taxista na "Escolinha muito louca".
Ribeiro também era bastante requisitado para comerciais de TV. Esteve em campanhas para marcas de sorvete, chocolate, lâminas de barbear e outros produtos. Como ator, ganhou prêmio no Festival de Cinema de Brasília (1987) e no de Gramado, no ano seguinte. Também foi escolhido como melhor ator no Rio Cine Festival, em 1988.
Logo após o anúncio da morte de Márcio Ribeiro, colegas atores e humoristas lamentaram o fato. Em seu perfil no Twitter, Macelo Adnet referiu-se a Ribeiro como "mestre da comédia". "Ficam as boas lembranças e as piadas na lata de um dos mestres da comédia pra nossa geração de comediantes! Marcio Ribeiro, porrrra! Saudade", escreveu. Na mesma rede social, o apresentador Marcelo Tas publicou:

Fonte: G1
Print por: Lina Silva, via twitter do TAS
Adicionais por Lina Silva:
Danilo Gentili tmb usou o twitter e Instagram para se expressar:

Ele ainda conseguiu fazer uma singela piadinha para o amigo.
Descrição da foto: "Bem lááááááá no início... :)"   

Maurício Meirelles usou o  Instagram para prestar sua homenagem á Márcio Ribeiro:
"Valeu por tudo, seu grande fdp. Fica com Deus, Marcio Ribeiro." - descreveu Mauricio na foto

NOTA: @CQC decide colocar mais um HOMEM no time de repórteres

A apresentação do tal integrante deve acontecer em breve, assim que os contratos forem assinados




SÃO PAULO - Depois de muito suspense, o "CQC" finalmente definiu que terá mais um repórter em sua equipe.
Ainda não há, porém, confirmação da identidade do novo engravatado. Sabe-se somente que será um homem.
A apresentação do tal integrante deve acontecer em breve, assim que os contratos forem assinados, de acordo com a coluna do jornalista Flávio Ricco.

Gracyanne Barbosa mente para o CQC

A mulher de Belo participou da velha e manjada máquina da verdade

Gracyanne Barbosa, mais parecida do que nunca com a Rosana Como Uma Deusa, surgiu na noite desta segunda no CQC.

A mulher bombada de Belo participou da velha e manjada máquina da verdade. Mas falou com a verdade em vários momentos...

Para começar, ela disse que não ficou com Belo enquanto ele estava com Viviane Araujo... Depois afirmou que acha o marido bonito, disse que nunca traiu o pagodeiro e que não tem silicone no bumbum...

Gracyannão falou também que é mais forte que Belo (ganharia dele no braço de ferro). Aí ela não mentiu.

Outra afirmação da moça foi que nunca fez uso de anabolizantes. Então, tá.

Fonte: Mídia News

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Roteiro do @CQC - #CQC223

"CQC terá a presença do pato... não, peraí..." (Ilustra by: Lina Silva)

Estão prontos pra saberem do roteiro do CQC, que o Marcelo Tas postou no seu blog?
Mas antes de saberem, sabem muito bem que, como o Tas não cansa de dizer, mas diremos pra vocês: Esse roteiro é apenas guia. algumas alterações poderão acontecer durante o programa ao vivo, como imprevistos, não passarem na ordem correta ou então deixarem para o último bloco (o que acho impossível acontecer). mas... relaxem e divirtam-se. vejam aí o roteiro abaixo:

CQC 223 na Band, às 22:30 ou Após "Os Simpsons"
Para ir ao estúdio, cliquem aqui

PRÊMIO DO FUTEBOL
PROTESTE JÁ: NÃO FOI ACIDENTE - RETORNO
CORINTHIANS X BOTAFOGO
NOVELA DA RECORD X NOVELA DA GLOBO
DOCUMENTO DA SEMANA: OCUPAÇÃO URBANA
500 MILHAS DE INDIANÁPOLIS
CASAMENTO DO GANSO
PROTESTE JÁ: ITAJAÍ
BALADA UNIVERSITÁRIA
SEM SAÍDA: GRACYANE BARBOSA
NOTICIAS DA SEMANA
TOP 5
NEMFU: LUCAS DI GRASSI
ERROS DO CQC

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Notícia - Suspenso inquérito contra @CQC por piadas de Português


Dois integrantes do programa Custe o Que Custar (CQC), veiculado na TV Bandeirantes, conseguiram suspender as oitivas do inquérito policial no qual são alvos de investigação. O inquérito foi aberto a pedido do Ministério Público de São Paulo, que denunciou os integrantes do programa por ofensa à honra da comunidade portuguesa por meio de piadas. O desembargador Otávio Henrique de Sousa Lima, do Tribunal de Justiça de São Paulo, atendeu ao pedido liminar de suspender as oitivas até que o Habeas Corpus seja julgado pelo TJ-SP.

Além do pedido liminar, a defesa dos jornalistas e humoristas Ronald Rios e Marcelo Tas pede no Habeas Corpus o tracamento da Ação Penal, alegando constrangimento ilegal em razão da falta de justa causa para continuidade do inquérito. Ambos são representados pelos advogados Alexandre Sinigallia Pinto, Marcela Moreira Lopes e Paola Martins Forzenigo.

O motivo do inquérito foi uma reportagem do programa CQC durante a Eurocopa 2012, veiculada no dia 25 de junho de 2012, na qual Ronald Rios entrevistou torcedores presentes no estádio de futebol e em seus arredores, sendo alguns desses torcedores da seleção de Portugal. Durante as entrevistas, foram feitas algumas piadas que foram interpretadas como pejorativas por alguns membros da comunidade portuguesa.
De acordo com a defesa, foi feito um pedido de desculpas no programa seguinte, após a repercussão negativa da reportagem. Entretanto, o inquérito policial foi instaurado por requisição do Ministério Público de São Paulo, após o recebimento do e-mail de um cidadão encaminhado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. O e-mail, assinado por Pedro Roberto questionava o teor da reportagem e alertando para eventual “incidente diplomático” por ela acarretado.

Após o início do inquérito, foi juntada uma petição em nome do Conselho da Comunidade Luso-Brasileira de São Paulo requerendo a instauração de Inquérito Civil Público e a propositura de medidas judiciais cabíveis contra Ronald Rios, Marcelo Tas e Rafael Cortez. Também foi pedido providências contra a TV Bandeirantes por veicular o material.

O Conselho da Comunidade Luso-Brasileira também representou contra a TV Bandeirantes no Ministério Público Federal, que arquivou o processo alegando que “nada restou apurado acerca da conduta desrespeitosa e da injúria contra os portugueses tendo em vista que, ao proferir as afirmações acima destacadas, o humorista não teve a intenção de ofender ou de desrespeitar, ficando claro e visível seu ‘animus jocandi’.”

Apesar do arquivamento no Ministério Público Federal, o inquérito policial instaurado a pedido do MP estadual prosseguiu e os integrantes do CQC foram intimados a comparecer na delegacia para prestar esclarecimentos do fato. Diante da continuidade do inquérito, a defesa de Marcelo Tas e Ronald Rios ingressou com o referido Habeas Corpus.

No HC, a defesa esclarece que Marcelo Tas e Ronald Rios são jornalistas e fazem parte do grupo de apresentadores do programa informativo-humorístico CQC, cuja proposta é a de apresentar temas relativos à política, economia, cultura, esportes e celebridades sempre com bom humor e crítica.

Animus Jocandi
A defesa alega que “independentemente de quais tenham sido exatamente as frases consideradas pejorativas, não se verifica nada além de mera piada social, historicamente comum e socialmente corriqueira e aceita. Não há, por parte de quem quer que seja, o intuito de se fazer qualquer discriminação, segregação ou até mesmo injúria”. De acordo com os advogados, os próprios entrevistados riram das piadas e não se sentiram ofendidos.

“A ausência de dolo específico na conduta dos pacientes em discriminar ou injuriar alguém é patente, sendo cristalino que as manifestações contidas na reportagem estavam preenchidas de animus jocandi”, argumentam, reforçando que o único objetivo era fazer piada.

Os advogados ressaltam que “algo não deixa de ser humor porque, aos olhos de alguns (ou mesmo que da maioria) não seja considerado refinado, de qualidade, classudo, inteligente... Humor, mesmo que ácido, duro, ou até mesmo grosseiro, humor é! E não pode, portanto, ser criminalizado”.

De acordo com a defesa, é comum no Brasil fazer piadas com português, do mesmo modo que em Portugal são comuns as piadas com brasileiros. Tais piadas, mesmo que possam ser consideradas grosseiras, ácidas ou fruto de um humor negro, não podem ser consideradas criminosas. "Do contrário, far-se-ia necessário tornar Brasil e Portugal duas grandes penitenciárias, já que a quase totalidade de seus habitantes têm como prática corriqueira o uso de anedotas como tais”, complementam os advogados do programa.

Inadequação dos fatos
A defesa alega ainda que, mesmo que seja considerado que os comentários foram ofensivos e haja crime, os integrantes do CQC não podem ser investigados por crime de discriminação ou preconceito previsto no artigo 20 da Lei 7.716/1989. “A discriminação e o preconceito estão necessariamente ligados à segregação da pessoa ou grupo vitimado, que acaba recebendo tratamento inferior e é marginalizado do corpo social. Tais delitos possuem como elemento subjetivo exatamente a vontade de separar, excluir outro(s) ser(es) humano(s) em razão de um sentimento de superioridade”, argumentam.

De acordo com os advogados, o possível crime seria injúria qualificada, prevista no artigo 140 do Código Penal. “Os comentários realizados na reportagem poderiam — sob uma análise tacanha, que desconsidera o animus do agente e a natureza cômica do programa televisivo — ser vistos como ofensivos à honra dos portugueses, mas jamais como ato preconceituoso e discriminatório que tivesse por fim a exclusão social dos portugueses, razão pela qual a adequação seria ao artigo 140, parágrafo 3°, do Código Penal”, explicam.

Ilegalidade do inquérito
Os advogados afirma ainda que o inquérito é ilegal pois foi instaurado a pedido do Ministério Público Estadual, sem representação do ofendido. “Também não é suficiente, para fins de representação, a petição apresentada pelo Conselho da Comunidade Luso-Brasileira do Estado de São Paulo, tanto por ilegitimidade quanto por incompatibilidade do pedido formulado”, complementam, explicando que o Conselho não tem legitimidade para representar todos os portugueses.

Outro argumento utilizado pela defesa para comprovar a ilegalidade do inquérito é a decadência. O artigo 38 do Código de Processo Penal diz que impera a decadência nos crimes de ação penal privada ou ação penal pública condicionada à representação quando o ofendido, ou seu representante legal, não exerce seu direito de queixa ou de representação no prazo de seis meses, contados a partir da data em que tomar conhecimento de quem é o autor do delito.

De acordo com os advogados, o prazo decadencial teve início no dia 25 de junho de 2012, de modo que findou-se às 24h do dia 24 de dezembro do mesmo ano. “Considerando que até referida data não houve apresentação de representação por cada um dos portugueses que porventura (incompreensível e hipersensivelmente) sentiram-se ofendidos em sua honra subjetiva, operou-se, claramente, a decadência, sendo impossível a instauração e continuidade de inquérito policial, pois também o crime de injúria qualificada é de ação penal pública condicionada”.

Por fim, os advogados classificam como absurda a inclusão de Marcelo Tas no inquérito, pois este em nenhum momento proferiu a frase atribuida a ele pelo Conselho.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Roteiro do @CQC - #CQC222

"É por isso que o CQC não arrisca fazer matérias policiais" - Lina Silva (ilustra tirada no palpite para o TopFive do blog CQC Blog)

Estão prontos pra saberem do roteiro do CQC, que o Marcelo Tas postou no seu blog?
Mas antes de saberem, sabem muito bem que, como o Tas não cansa de dizer, mas diremos pra vocês: Esse roteiro é apenas guia. algumas alterações poderão acontecer durante o programa ao vivo, como imprevistos, não passarem na ordem correta ou então deixarem para o último bloco (o que acho impossível acontecer). mas... relaxem e divirtam-se. vejam aí o roteiro abaixo:

CQC 222 na Band, às 22:30 ou Após "Os Simpsons"
Para ir ao estúdio, cliquem aqui

ASSEMBLÉIA DO RJ: DEPUTADOS QUE FALTAM
FINAL DO PAULISTÃO
UFC EM JARAGUÁ DO SUL - SC
PRÊMIO CONTIGO
ASSEMBLÉIA DE SP: FUNCIONÁRIOS SEM CRECHE
DOCUMENTO DA SEMANA: BIKES
SHOW CONTRA O PRECONCEITO
PROTESTE JÁ: ESTRADA INTERROMPIDA
SEM SAÍDA: ÂNGELA BISMARCK
NOTÍCIAS QUE O CQC NÃO MOSTROU
TOP 5
NEMFU: LUCAS DI GRASSI
ERROS DO CQC

sábado, 18 de maio de 2013

Notícia - "É normal renovar o programa", disse @MarceloTas


Nessa semana, o Custe O Que Custar da Argentina estreou novamente depois de um tempo fora das telas. Marcelo Tas, como líder da bancada brasileira comenta sobre essa retomada. "Eu não sei se deu errado, na verdade o programa lá é muito antigo. Eu costumo dizer que o ano da televisão é como o ano do cachorro, cada um vale por sete, e o show de lá tem quinze anos", explica.

Por conhecer a equipe de criação da Argentina, Tas confessa que quer conferir de perto o novo formato do CQC: "Eu tenho o maior carinho pelos criadores do projeto e sei que eles estão vivendo uma noite muito especial. O programa vai ser diário agora e isso é uma experiência que eu estou muito interessado para ver como vai ser. Como o CQC, que é um resumo semanal das notícias, vai abordar o dia a dia".

Pelo programa ter saído do ar por um tempo, algumas pessoas pensaram que tinha acabado, mas o homem de preto explica que isso faz parte quando o projeto é antigo. "É normal renovar o programa, o ruim é quando não para e continua na monotonia. É necessário em projetos que duram muito tempo, mas não deu errado. Acho que eles são muito corajosos e ousados de pegarem um programa que tem quinze anos e fazer diário, no canal de maior audiência da Argentina", complementou. 

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Dani Calabresa (@CalabresaDani) publica foto fazendo bagunça

Nessa terça-feira, dia 14, Dani Calabresa aproveitou para ir ao salão de beleza. Na companhia de Camila Colombo, que foi produtora do Mulheres Ricas, a humorista publicou uma foto fazendo bagunça durante o passeio.

"Crianças aprontando no salão, as alças do meu sutiã caindo e eu morrendo de rir com a minha amiga Camila Colombo", conta na legenda. Pelo visto as piadas de Dani rendem até fora das telas.

Na foto, as duas aparecem segurando uma escova e um secador do salão e Camila ainda está usando grampos nos cabelos.


Fonte: Blog De Olho na Band

terça-feira, 14 de maio de 2013

Reportagem - @AndreoliFelipe entrevista Rosanne Mulholland, a Professora Helena de #Carrossel


Felipe Andreoli compareceu nessa segunda-feira, dia 14, ao prêmio Contigo! de TV para entrevistar alguns famosos que desfilaram no tapete vermelho.

Dentre outros, o repórter do CQC conversou com Rosanne Mulholland, a professora Helena da novela "Carrossel", exibida pelo SBT.

A atriz topou a brincadeira proposta por Andreoli e fez malabares com três bolinhas. Será que ela se saiu bem? Confira na próxima segunda-feira, dia 20, o resultado.


segunda-feira, 13 de maio de 2013

Roteiro do @CQC - #CQC221

Impossível ñ lembrar do Tas qdo o Santos joga (Lina Silva)

Estão prontos pra saberem do roteiro do CQC, que o Marcelo Tas postou no seu blog?
Mas antes de saberem, sabem muito bem que, como o Tas não cansa de dizer, mas diremos pra vocês: Esse roteiro é apenas guia. algumas alterações poderão acontecer durante o programa ao vivo, como imprevistos, não passarem na ordem correta ou então deixarem para o último bloco (o que acho impossível acontecer). mas... relaxem e divirtam-se. vejam aí o roteiro abaixo:

CQC 221 na Band, às 22:30 ou Após "Os Simpsons"
Para ir ao estúdio, cliquem aqui

O FILME DO CRÔ
DOC CQC: HOMFOBIA
CORINTHIANS x SANTOS
PARTIDOS POLÍTICOS PROIBIDOS
MUNDIAL DE SURFE
POLUIÇÃO SONORA
NOTÍCIAS QUE O CQC NÃO MOSTROU
PROTESTE JÁ: CEMITÉRIO ABANDONADO
LIVRO DA MAITE PROENÇA
NEMFU: FALCÃO
ESPECIAL: PRESÍDIOS PRIVADOS
TOP 5
ERROS DO CQC

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Novo repórter do CQC só deve estrear em junho


Anunciado para o segundo programa deste ano, em 25 de março, o novo repórter do CQC ainda vai aguardar pelo menos um mês para começar a trabalhar.
O principal motivo da demora é que ainda não se arrumou um substituto para Rafael Cortez, hoje na Record.
Na apresentação à imprensa da temporada de 2013 do CQC, em 12 de março, o apresentador Marcelo Tas anunciou que eram quatro os concorrentes naquele momento.
Pouca coisa mudou desde então. A Eyeworks-Cuatro Cabezas, produtora dona do formato do CQC, centralizou esforços nos acertos necessários à nova temporada e na participação da humorista Dani Calabresa. Além disso, não havia necessidade de apressar a escolha do novo integrante.
Agora, com os ajustes feitos, a produtora e a Band devem retomar o processo de seleção do novo repórter.

MARCO LUQUE CONTA SOBRE PRESENTES DOS FÃS

Como a maioria dos famosos, Marco Luque tem muitos fãs pelo Brasil. É comum que os ídolos queridos recebam todo tipo de homanagem de seus admiradores. O humorista revelou para o blog do CQC dois presentes que já ganhou, um que adorou e outro que foi um tanto quanto estranho.

"Eu ganhei de um fã clube de Curitiba, um boneco bem legal da Liga da Justiça, o Acquaman", diz Luque sobre o seu preferido. Quem acompanha seus perfis nas redes sociais, sabe que o homem de preto é completamente fissurado por super-herois.

Já o mais esquisito, o integrante do Custe o Que Custar comenta que não achou muito comum. "Bem estranho...foi de uma menina que queria me dar um bilhetinho, mas não tinha papel. Ela me deu um absorvente escrito e eu achei bem repugnante", confessa. 


Fonte: Cqc

Twitter - De terno e óculos, @MauMeirelles ganha poderes


Quem disse que os homens de preto não são superheróis? (tirando a MLCQC, né?) Mauricio Meirelles postou uma foto nessa terça-feira, dia 7, utilizando seus superpoderes.

"Hadoukeeeeen!!!!", escreveu o repórter na legenda, relembrando o famoso golpe da série de jogos "Street Fighter", que consiste em concentrar energia com as mãos e arremessá-la para frente.

É claro que tudo não passa de uma brincadeira. O integrante do Custe o Que Custar apenas tirou proveito de um efeito do flash para fazer o "poder especial" na foto.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Roteiro do @CQC - #CQC220

Se escrevi os volts ou wats errado perdoem-me, foi o sono. xDDD E nem pensem q vou corrigir pq estou com preguiça. ;-P
Estão prontos (e ligado nos 220 Volts) pra saberem do roteiro do CQC, que o Marcelo Tas postou no seu blog?
Mas antes de saberem, sabem muito bem que, como o Tas não cansa de dizer, mas diremos pra vocês: Esse roteiro é apenas guia. algumas alterações poderão acontecer durante o programa ao vivo, como imprevistos, não passarem na ordem correta ou então deixarem para o último bloco (o que acho impossível acontecer). mas... relaxem e divirtam-se. vejam aí o roteiro abaixo:

CQC 220 na Band, às 22:30 ou Após "Os Simpsons"
Para ir ao estúdio, cliquem aqui

INDY
DOCUMENTO DA SEMANA: VOLTA A SANTA MARIA/RS
PRIMEIRO DE MAIO
MAIORIDADE PENAL
CORINTHIANS X SPFC
PROTESTE JÁ: PAULÍNIA
NOTÍCiAS QUE O CQC NÃO MOSTROU
ENCONTRO DO PSDB
RACHA
NEMFU: LUIZA POSSI
SEM SAÍDA: CHIQUINHO SCARPA
TOP 5
ERROS DO CQC

domingo, 5 de maio de 2013

Notícia - "Tentamos traduzir o noticiário", explica @MarceloTas


Marcelo Tas fez muitos trabalhos na televisão que envolveram temas de educação e, ao assumir a bancada do CQC, trouxe essa bagagem para o programa. A proposta é diferente, mas ele acredita que o modo deles simplificarem um assunto difícil, também é uma forma de ensinar.

"Aqui no CQC a gente tenta traduzir o noticiário, como a política, o esporte ou as denúncias em uma linguagem mais simples, com o gancho do humor. Procuramos falar de uma maneira clara, direta, valorizando o conteúdo e a história", explica.

Quando questionado sobre considerar seu trabalho uma forma de conhecimento para o público, ele diz: "Eu acredito que é uma forma de educação pelas respostas que eu recebo, muitos jovens que me escrevem, contam que tinham parado de ler jornal e quando começaram a acompanhar política aqui no CQC, voltaram a ler".

O homem de preto gosta desse reconhecimento, mas ressalta que assistir ao Custe o Que Custarnão é o suficiente para se manter informado. Ele adverte: "Eu acho isso bárbaro, desde que eles não usem o programa como único meio de informação ou como fonte primária porque o Marco Luque não é a Patrícia Poeta".

No entando, a responsabilidade de aproximar as pessoas da realidade no mundo sempre fez parte da carreira de Tas. "Mas é legal a gente ser um instrumento de estímulo para as pessoas prestarem atenção no país e no noticiário", complementa.

Boato (ou não?) - Novo Repórter do @CQC estreiará em breve

Enfim se desenrolará a novela do novo reporter do CQC. Dizem que muito em breve a novidade será anunciada e logo o novato fará sua estreia. Entre os 3 finalistas à vaga de Homem de Preto tínhamos 2 desconhecidos e 1 pseudo-famoso que caiu fora da disputa. Algumas dicas sobre os candidatos a novo repórter do CQC:


- Não são comediantes / humoristas;
- Os dois são muito fãs do programa;
- Marcelo TAS já tem seu candidato favorito;
- O novo CQC deve trabalhar muito com pautas políticas.

Palpites??

Fonte: CQC Blog

sábado, 4 de maio de 2013

MAU MEIRELLES VIAJA COM EQUIPE DE GRAVAÇÃO

Mau Meirelles acordou cedo na última quinta-feira, dia 2, e já foi para o aeroporto. De terno e acompanhado da equipe de gravações, o homem de preto embarcou para fazer mais uma matéria para o CQC.

Na imagem publicada em seu Twitter, o repórter parece cansado e finge estar dormindo, pelo visto o horário do voo não favoreceu seu tempo de sono. "Aeroporto desde às 8h, Sucesso!!!", diz a legenda.

Já Marco Luque apareceu bem disposto logo pela manhã, já que comentou na foto do amigo com bom humor."Foto fake! Seu dedo não iria tirar essa foto sozinho enquanto você dormia", brincou o integrante da bancada do Custe o Que Custar.


Fonte: blog oficial CQC

CQC: VEJA OS BASTIDORES DO QUADRO SEM SAÍDA

Não é fácil conseguir convidados que aceitem participar do teste da verdade. A equipe do CQC revela como é feito o quadro mais sincero da TV brasileira. 




fonte: Blog oficial CQC

quarta-feira, 1 de maio de 2013

@CQC faz gesto obsceno por antipatia de Shwarzenegger no Brasil

Os integrantes da bancada do “CQC” que foi ao ar nesta segunda-feira (29), Oscar Filho, Marcelo Tas e Marco Luque, fizeram um gesto obsceno devido à suposta antipatia de Arnold Schwarzenegger em sua passagem no Brasil, assim como a truculência de seus seguranças.
Ronald Rios tentou entrevistar o ator e ex-governador da Califórnia, que esteve no Rio de Janeiro para um evento esportivo e feira de negócios. Ronald Rios foi empurrado pelos seguranças e reclamou que foi sufocado por um deles.
Em outro momento, Schwarzenegger ignorou as perguntas do repórter do humorístico logo à sua frente, e se limitou a dar um “tchauzinho” para a equipe de um helicóptero.

“Mais que simpático o Arnold Schwarzenegger”, ironizou Marcelo Tas. “Tchau Arnold, volte sempre ao Brasil”, disse o apresentador mostrando o dedo do meio para as câmeras.

Integrantes da bancada do “CQC” fazem gesto obsceno a Arnold Schwarzenegger

Com Schwarzenegger, Pânico dá show em cima do CQC


Quem assistiu aos dois programas da Band neste domingo e segunda-feira viu que ambos foram atrás de Arnold Schwarzenegger no Rio de Janeiro. As pautas eram idênticas: Vesgo e o Impostor, pelo Pânico e Ronald Rios, pelo CQC, tinham a missão de chegar perto do ator e trocar algumas palavras. O que dá para dizer é que a turma de Emílio Surita deu um show.
Vesgo e o Impostor tiveram muitas dificuldades para se aproximar de ex-governador. Tiveram de enfrentar a truculência dos seguranças, gritar e chamar a atenção do astro. Para isso, aliás, os dois se vestiram de Exterminador do Futuro. A fantasia era mequetrefe, mas essa era mesmo a intenção. E a dupla conseguiu: chegou em Arnold, o cumprimentou, conversou, fez brincadeiras e ainda fez o ator sambar (do jeito dele, claro). Schwarzenegger entrou na no clima e foi bem simpático com os integrantes do programa. 
Já pelo lado do CQC, Ronald Rios não conseguiu absolutamente nada. Também gritou, chamou e até chegou perto, mas foi solenemente ignorado pelo ator. Aliás, os seguranças também pegaram pesado com o rapaz, mas isso não sensibilizou Arnold. Ficou até um pouco feio para o CQC. Talvez fosse o caso de não ter exibido essa matéria, principalmente depois de o Pânico ter se saído tão bem.
Ponto de vista por Lina Silva: Eu até agora não distingui bem o Arnold. Ele tem ou não bom humor? Pqq pra um programa ele deu atenção e pra outro nem ao menos virou o rosto para a câmera? Talvez ele foi "educado" com o Panico na Band mas não gostou do que o Pânico fez com ele, entao ao aparecer outro programa humorístico ele deduziu q passaria por todo aquele constrangimento de novo. Portanto nem quis dar atenção!