sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Insatisfeita, Dani Calabresa deixa o elenco do “CQC”

Dani Calabresa também não estará mais no “CQC” em 2015 (Divulgação/Band)
Após muitos boatos, Dani Calabresa, 33, acertou a sua saída do “CQC”, de acordo com o colunista Flávio Ricco. A humorista deve ficar no programa até o fim do ano. A informação oficial ainda não foi confirmada pela emissora.
A decisão aconteceu em comum acordo entre Dani e a Cuatro Cabezas, produtora responsável pela atração da Band, conforme destaca o mesmo jornalista. A ideia é que o formato sofra profundas mudanças para 2015.
Além da comediante, Marcelo Tas, 55, Oscar Filho, 36, e Ronald Rios, 26, já confirmaram a saída do “CQC”. A princípio, Tas é o único que deve ter um novo projeto na emissora paulista no ano que vem.
Guga Noblat também pode deixar o elenco do programa, mas a decisão não está totalmente definida.
Em contrapartida, Dan Stulbach, 45, já assinou o contrato com a Band e vai substituir Marcelo Tas.Rafael Cortez, 38, de saída da Record, também voltará para o humorístico. Novos integrantes podem ser escolhidos nos próximos meses.
Sobre a Calabresa, nos bastidores, dizem, a sua passagem não foi das mais harmoniosas. Melhorou um pouco quando assumiu lugar na bancada, mas sempre existiram ruídos na relação.
A primeira experiência de Dani na televisão foi no programa "Pânico na TV", quando a equipe de Emilio Surita trabalhava na Rede TV!. Ela também tem passagens pelo SBT. Em 2008, chegou à MTV Brasil, onde participou de vários programas. Já em dezembro de 2012, Dani deixou a MTV Brasil e assinou com a Bandeirantes para integrar o elenco do "CQC".
Mais recentemente, Dani ganhou um grande espaço na mídia, devido ao episódio da traição do marido, Marcelo Adnet, que foi flagrado beijando outra mulher, no Rio de Janeiro.
Através do próprio "CQC", ela mandou um recado aos "intrometidos", dando a entender que perdoou o marido e deu um beijo, combinado, na boca de Marco Luque.
Fontes: Yahoo e UOL

Band recusa proposta de Felipe Andreoli, e 'CQC' sofre quinta baixa

O jornalista Felipe Andreoli também está fora do CQC, que sofrerá em 2015 a maior reformulação de sua história. Em reunião na tarde desta quinta-feira (27), Andreoli e Band não chegaram a um acordo, e o contrato que vence em dezembro não será renovado. O jornalista queria fazer um programa diário em um canal esportivo. A Band não aceitou. Considerou a "proposta incompatível" com as necessidades do CQC. Com um programa diário, o CQC passaria a ficar em segundo plano, e a Band quer "dedicação exclusiva" de seu elenco.
Andreoli é a quinta baixa confirmada do CQC em 2015. Já estão oficialmente fora do programa o apresentador Marcelo Tas e os repórteres Oscar Filho, Ronald Rios e Guga Noblat. Dani Calabresa pode ser a próxima a ter sua saída confirmada. Do atual elenco, permanecerão apenas Marco Luque, Maurício Meirelles e Lucas Salles. Naty Graciano, que entrou neste ano, tem contrato até o final de 2015, mas ainda não foi confirmada na próxima temporada.
Rafael Cortez, após dois anos na Record, volta em 2015. O ator Dan Stulbach substituirá Marcelo Tas na bancada.
Ex-repórter esportivo da TV Cultura, Felipe Andreoli está no CQC desde o começo do programa, em 2008. A Band pretendia mantê-lo em 2015, mas Andreoli sempre quis ter um programa próprio e insistiu em compartilhar o humorístico com um novo projeto na TV por assinatura. A Band, que chegou a produzir um programa com ele, o Deu Olé, em 2012, optou por deixá-lo livre para a TV paga.
Fonte: Tribuna Hoje

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

“CQC” vai trocar até o diretor para manter o “espírito do programa”


As mudanças no “CQC” para 2015 incluem não apenas a troca de apresentadores e repórteres. O diretor Gonzalo Marcó (ao lado de Oscar Filho na imagem acima), no programa desde a primeira temporada, não sobreviveu à onda de renovação e será substituído no ano que vem por dois diretores.
Um dos principais programas da Band, tanto em matéria de audiência quanto de faturamento, o “CQC” viu nesta sétima temporada a sua repercussão diminuir bastante assim como registrou uma nítida fuga de audiência.
DiegoGuebelDanStulbach“Renovação do conteúdo não só envolve apresentadores e repórteres, mas também parte da equipe de produção”, diz Diego Guebel (ao lado de Dan Stulbach). Criador da produtora Cuatro Cabezas, onde o “CQC” nasceu, o hoje diretor da Band explicou ao blog o que está motivando tantas mudanças:
“Acho necessário renovar. O ‘CQC’ é um formato de longa duração, mostram as experiências na Argentina, Itália e Espanha. As renovações têm a ver com manter o espírito do programa”, diz, comparando a atração ao humorístico “Saturday Night Live”. No ar desde 1975, o “SNL” já teve “diferentes line ups em diferentes períodos”, lembra o diretor.
Questionei Guebel se as mudanças obedecem a alguma pesquisa, que indicou a necessidade de renovação. “Não tem uma ‘bíblia’ que te fale que é, o que pode dar certo. Se quer melhorar, tem que arriscar. Acho que estamos em um caminho muito certo para o programa”, disse o diretor.
Produtora do “CQC” no Brasil, a argentina Cuatro Cabezas faz parte, há sete anos, da Eyeworks, agora um braço da Warner. Falando dos mercados argentino, brasileiro, espanhol e português, Guebel reconhece que a versão brasileira do “CQC” é um dos principais produtos da empresa.
“Há programas que, às vezes, são maiores que o ‘CQC’ do Brasil, como ‘MasterChef’, aqui e na Argentina, ou ‘Celebrity Splash’, no ano passado na Espanha. Mas o ‘CQC é um produto muito relevante porque é permanente”, diz.
As mudanças no “CQC” já anunciadas incluem a troca do apresentador Marcelo Tas pelo ator Dan Stulbach, a volta do repórter Rafael Cortez e as saídas dos repórteres Oscar Filho e Ronald Rios. Várias outras alterações são comentadas, mas ainda não foram confirmadas pela Band, como a volta de Rafinha Bastos à bancada, no lugar de Dani Calabresa, e a saída do repórter Guga Noblat.
Fonte: UOL

terça-feira, 25 de novembro de 2014

É Oficial!! Oscar Filho está fora do CQC em 2015

Na noite desta segunda-feira (24/11) durante o programa CQC, Oscar Filho já deixou registrado em seu Twitter o que muitos pensavam (e queriam) que fosse um boato: sua saída do programa em 2015.
Sexta-Feira passada ele foi oficialmente demitido do CQC. E agora há pouco (pra quem tá lendo isso de madrugada) ele deixou postado em seu site um tipo de "carta de despedida". Leiam na íntegra aqui:

Minha saída do CQC


Gratidão. É essa a palavra que melhor descreve meu sentimento pelo CQC.
Sexta-feira passada eu, oficialmente, fui mandado embora. Me deram um pezão na bunda, me chamaram pra assinar um negocinho lá no RH da Band… Há quem possa ter motivos para sentir vergonha disso. Eu poderia ter me antecipado e ter dito que fui eu que pedi pra sair, mas não.
A primeira vez que eu ouvi falar nisso, foi através dessa matéria na internet:
Pensei comigo: Será? E se for mesmo, como irei me sentir?
O Proteste Já, quadro que eu defendi por 4 anos, foi a minha contribuição pessoal pra tentar fazer o meu país, pelo menos, um pouco mais justo e menos desigual. Lutei, argumentei, briguei, conversei, senti, raciocinei, debati. Pelo programa e por mim. O Proteste Já é um quadro incrível do programa, mas um tanto cansativo e desgastante, inclusive, emocionalmente.
Houve momentos em que a câmera não pode registrar o que se sente nas entrelinhas dos acontecimentos: funcionários burocratas, autoridades desumanas, seguranças autoritários, políticos dissimulados, profissionais oportunistas, assessores inescrupulusos… É uma enorme quantidade de energia que se esvai de se chegar em casa e apenas ter a vontade de deitar na cama e se deixar ser levado pelo sono.
Ultimamente, minha energia pra trabalhar neste quadro não andava equilibrada. Portanto, não foi de todo mal ser dispensado pelo programa. Viria em boa hora. Seria timing bastante sincronizado.
Passei um final de semana pensando profundamente em como seria viver sem fazer parte do programa que mudou a minha vida. Que me ajudou a divulgar um trabalho que eu tanto amo fazer: Meu show de stand-up, o “Putz Grill…” que levou mais de 1 milhão de espectadores nesses 7 anos ao teatro e que foi até premiado!
Através dele também consegui me tornar conhecido o suficiente para escrever uma “Autobiografia Não Autorizada”, e tirar sarro da minha própria vida perante os outros. Fiz na literatura algo que já fazia há anos em cima dos palcos.
O CQC deu felicidade me proporcionando conhecer pessoas como o Tom Cruise, ator que eu imitava no palco; Fernando Meireles, diretor que eu assisto no cinema; João Carlos Martins, o maestro cuja história pessoal e profissional eu admiro, José Saramago, escritor que eu li embevecido cuja entrevista que eu fiz foi parar num documentário sobre ele e o gênio do Silvio Santos!!!
Me proporcionou sentir emoções à flor da pele, me fazendo ir à Ilha de Marajó conhecer crianças que viajam até 5 horas de barco para estudar, crianças do Piauí que estudam em escolas de chão batido, mães de Caxias no norte do país que perderam filhos recém-nascidos.
Me proporcionou tristeza ao me tirar da bancada do programa, e, agora, do programa em si. Faz parte! O Custe o Que Custar foi um grandessíssimo divisor de águas pra mim. Não teria como ser diferente.
O saldo é positivo. Ri mais do que chorei. Ri muito. Ri de perder o fôlego inúmeras vezes em que saíamos na van do Apolo e o bullying corria solto, comigo e com todo mundo.
Então agradeço ao Diego Barredo, o primeiro diretor do programa. Um cara que viu meu vídeo de stand-up enquanto ainda fazia o casting lá na Argentina pela internet e me chamou pra fazer testes pro programa. Pra toda a equipe, aos que foram, aos que ainda estão e aos que continuarão. Ao Gonzalo Marcó, que me proporcionou grande parte das matérias que eu fiz nesse período todo, aos repórteres que se foram e que ficaram, aos fãs que gostam de mim e me seguem (agradeço, apesar de questionar esse mal gosto de vocês).
Aos jornalistas, blogueiros e colunistas sedentos pra que eu cuspa no prato que eu comi, informo: não tenho nada em vista. Nenhum projeto, nenhum convite, nenhuma emissora interessada. Só me restou a sarjeta. Já pensei sobre isso e tive uma importante decisão: rasparei a cabeça, chamarei um ex-aluno meu, comprarei um trailer, fabricarei metanfetamina com 96% de pureza, exterminarei o cartel e morrerei rindo.
E que venha o futuro!
Imagem colocada pelo próprio Oscar no final da postagem

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

CQC 291 - roteiro


CQC 291
Band, 22h30
Entre outras:
BRASILEIRÃO NOS FINALMENTES
PROTESTE JÁ- RETORNOS
O ESCANDALO DA PETROBRÁS
50 x 50: ERICK JACQUIN
NOVEMBRO AZUL
FOLIANOPOLIS
CQC NA RUA: EXAME DE PROSTATA
TOP 5
MISS BUMBUM

sábado, 22 de novembro de 2014

Após Tas, Band dispensa Oscar Filho, Noblat e Ronald Rios do CQC

Oscar Filho, que deixa o CQC após sete anos; humorista foi informado de que não terá contrato renovado
Oscar Filho, Guga Noblat e Ronald Rios estão fora do CQC em 2015. Os três humoristas foram chamados pela direção da Band nesta semana e informados de que não terão seus contratos renovados em dezembro. Portanto, se juntam a Marcelo Tas, que anunciou sua saída no início deste mês e será substituído por Dan Stulbach.

"Desempregado, segundo o UOL" - descrição do perfil do twitter que Oscar Filho colocou, provavelmente negando o que foi postado sobre sua demissão do CQC.

Conforme antecipou o Notícias da TVo CQC pode trocar metade de seu elenco em 2015, para reverter a crise de audiência. No início do mês, a emissora chamou para negociar a renovação apenas dos repórteres Felipe Andreoli, Lucas Salles e Maurício Meirelles. Naty Graciano tem mais um ano de contrato com a emissora. Dani Calabresa também pode sair.

Pelo Twitter, Ronald Rios confirmou o desligamento do humorístico: "Agora que é oficial: estou saindo do CQC, sim. Foram três anos irados. Desejo máximo sucesso aos que ficam e aos que chegarão", escreveu neste sábado (22).

O elenco do CQC de 2015 ainda não está definido. Na bancada, são certas as presenças de Stulbach e Marco Luque. A Band negocia com Rafinha Bastos para que ele volte a ser um dos apresentadores do programa. Depois de dois anos na Record, Rafael Cortez volta ao humorístico, informação também antecipada pelo Notícias da TV, no início de outubro.
Oscar Filho é um dos repórteres mais antigos do CQC. Está no programa desde 2008. No início deste ano, perdeu a cadeira na bancada do programa para Dani Calabresa. Guga Noblat e Ronald Rios estavam no humorístico desde 2012.
Nas redes sociais, Guga Noblat negou que esteja saindo do CQC: "Não fui chamado para conversar e não me desliguei do CQC. Pelo menos por enquanto ainda tô livre do Pronatec ou do Bolsa Família. Quem sabe na semana que vem. Passei os últimos dias em Brasilia gravando uma reportagem sobre a operação Lava Jato. Confiram na segunda-feira, na Band".
Outro tweet de Guga Noblat negando notícia postada no UOL.
Fonte: UOL

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Rafinha Bastos desabafa sobre Marcelo Tas do CQC

Com sua volta ao "CQC" da Band praticamente certa em 2015, Rafinha Bastos do "Agora é tarde" falou sobre o programa que passa por uma profunda reformulação depois de queda abrupta na audiência. 

Durante a gravação de seu segundo DVD, no domingo (16) em São Paulo, foi aberto um momento para perguntas da plateia. Quando perguntado sobre a volta ao humorístico, Rafinha falou que até voltaria, mas só se Marcelo Tassaísse do "CQC", como vai ocorrer em 2015.  

"Eu sei que não parece a decisão mais inteligente, mas eu devo muito a algumas pessoas de lá. Mas eu não piso onde aquele filho da p*** do Marcelo Tas pisa. Ele não foi justo comigo. Com ele, não volto pra lá", disse. A mágoa de Rafinha deve-se ao fato de que Tas preferiu ficar e falar mal de seu companheiro de bancada para agradar outras pessoas em um momento delicado do comediante.

Rafinha referia-se ao episódio em que "ofendeu" a cantora Wanessa Camargo e o bebê dela, em 2012. A brincadeira provocou a saída do apresentador do programa e, mais tarde, da emissora. 
Rafinha também afirmou que passou por um período de "decadência" na carreira após a piada com a cantora e afirmou que apenas voltou ao ar pelo público. Em 2015, o "CQC" deverá ter como apresentadores Dan Stulbach, Rafinha Bastos e Marco Luque. Dan que deixou seu contrato com a Rede Globo para comandar um programa jornalístico que certamente irá alavancar a audiência do programa com sua forma carismática de se expressar com o público. O ator já colhe frutos de sua participação na Rádio CBN com o programa "Hora de expediente" e "Fim de Expediente".

Fonte: Portal de Paulínia

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Após substituir Marcelo Tas no “CQC”, Ana Paula Padrão é alvo de críticas na internet

Nesta última segunda-feira, 17 de novembro, Ana Paula Padrão substituiu Marcelo Tas na bancada do “CQC”. Entretanto, a participação da jornalista não agradou muito aos internautas, que não perdoam.
A apresentadora do “Masterchef” recebeu muitas críticas por meio das redes sociais, várias delas a chamando de “sem graça”. Teve gente até que pediu a volta do apresentador no meio da atração.
“Para que botaram a Ana Paula Padrão no ‘CQC’? Mulher mais sem graça”, escreveu um internauta. “Ana Paula Padrão no ‘CQC’ não combinou, sou muito mais o Tas”, comentou outro seguidor. “O ‘CQC’ está uma me*** com essa Ana Paula Padrão no lugar no Tas”, detonou uma terceira.
Xiii… Mas é claro que também tiveram elogios… Alguns queriam até a apresentadora fixa no humorístico. “Meu Deus do céu, deixa a Ana Paula Padrão para o resto da vida no ‘CQC’, ela nasceu para isso. Que gata”, elogiou um internauta.
Fonte: Tv Foco

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Ana Paula Padrão substitui Marcelo Tas no CQC: "Que meda"

Ana Paula Padrão substituirá Marcelo Tas no CQC nesta segunda-feira, 17: "Que meda"

Ana Paula Padrão vai substituir Marcelo Tas no comando da bancada do CQC nesta segunda-feira, dia 17.
Em seu perfil em uma rede social, a apresentadora do MasterChef disse estar ansiosa. "Modelito de hoje à noite é o terninho preto! Vou esquentar a cadeira do @marcelotas na ausência dele e pilotar a nave! Ai que meda! Te espero no CQC, na Band", comentou.
A substituição ocorrerá apenas em um episódio do programa, já que Tas está fora do país para um compromisso em Nova York,  mas retorna ao comando do CQC normalmente no dia 24 e fica até o final da temporada. Em março, ele será substituído por Dan Stulbach.
Fonte: Caras

BAND CONFIRMA VOLTA DE RAFAEL CORTEZ AO CQC

Depois de anunciar Dan Stulbach no comando da bancada, a Band confirma mais uma novidade no "CQC". A partir da próxima temporada, em março de 2015,  Rafael Cortez volta a integrar o time dos homens de preto.  

Cortez, que fez parte da formação original do programa, é um dos repórteres mais marcantes do programa. "Voltar para o CQC e para a Band é uma alegria. Foi no programa, e na emissora, que passei a me tornar conhecido e realizei parte dos meus sonhos", afirmou. 

O repórter demonstrou estar ansioso para encarar as novidades que estão por vir. "Minha volta está atrelada a uma grande reformulação do programa, onde terei novos desafios e caminhos que, desde já, me entusiasmam muito. Estou empolgado e muito feliz com meu regresso!", declarou após a assinatura do contrato com a emissora.


Fonte: BAND

Desabafo da Dona do Blog: Tá afim de ler?

Oi pessoal, chegamos no fim do ano, daqui a pouco é Dezembro... então acho q é hora de contar uma coisa pra vcs.

Primeiro, um resumão pra entenderem melhor o que depois vou contar:

Quem conhece o Megaliga CQC desde o comecinho, em 2009, sabe q antes eu postava todo mês um episódio de animação. O primeiro de TODOS foi esse:


Mas devido à motivos pessoais eu não pude mais me comprometer a postar todo santo mês uma animação, então em Abril de 2013 foi postado o último episódio da Megaliga CQC em animação:



Após 4 meses "de férias" dos desenhos, em Agosto/2013 a série passou a ser postada no formato de quadrinhos. (a.k.a. Webcomic)

Quem acompanha aqui desde o início sabe que quando a Megaliga CQC fez seu 1º aniversário em 2010, por meio de uma brincadeira - um concurso - que eu (e na época também o Kildare Sena que cuidava desse blog junto) abri intitulado "Quem quer me dublar?", resolvi postar um episódio diferente - DUBLADO.
Daí nos fins das contas a maioria dos candidatos que dublaram o episódio acabou se tornando amigos meus, então eu continuei com a brincadeira, porquê eles gostavam de dublar.
Entao eles dublaram mais DOIS episódios. (2011 e 2012).

Em 2013, justamente pelos motivos pessoais não teve episódio dublado.

Agora sim, o que eu queria contar era isso:

Neste ano de 2014, mesmo com o novo formato da Megaliga CQC em quadrinhos, eu queria voltar a postar um episódio dublado. Afinal não só eu, mas muitos gostavam deles. Então eu queria fazer uma surpresa!!

Em MARÇO eu havia procurado os meus "amigos" pra contar a notícia, e todos toparam.

Mandei o roteiro pra eles (em MARÇO mesmo) e disse que queria postar em JULHO o episódio. Então eu disse que faria a minha parte enquanto eles faziam as deles, que era gravar suas falas.

Por que isso não aconteceu?

Pois bem, passaram-se ABRIL e MAIO......  e ninguém tinha me mandado nada!!
Odeio cobrar as pessoas, mas eu tinha que saber o que estava acontecendo com eles. Ás vezes o trabalho, faculdade, família..... qualquer coisa na vida pessoal poderia estar atrasando eles.

Mas pra minha surpresa, apenas DOIS deles tinham motivos justificáveis. Os outros... simplesmente ESQUECERAM!! =( (detalhe, o total de dubladores eram DEZ)

Aí continuei fazendo minha parte (as cenas da animação) enquanto esperava as falas deles.
Três rapazes me mandaram suas falas em Maio mesmo.

Chegou JUNHO e nada dos outros sete me mandarem. Fui ao facebook deles e percebi que eles estavam ativos. Havia postagens de passeios deles, encontro com os amigos, etc . Então eu comecei a me chatear porquê percebi eles não tinham motivos sérios pra não me mandar suas gravações.

Eu já tava quase na metade da animação pronta e não ia mais cobrar ninguém.

Resultado: A animação foi perdida. :'(

Estamos quase em Dezembro. Foram SEIS MESES ESPERANDO a boa vontade deles, pra no fim eu ficar como a palhaça da história. Amigo de verdade não faz isso com ninguém. E eles sabiam o qto isso era importante pra mim.

Percebi q amigos mesmo eles não eram. Me desliguei deles e descobri q antes disso eles já tinham se desligado da Página da Megaliga CQC no Facebook

Lamento muito por isso!! Eu não merecia tamanha desconsideração.
Na página do Facebook eu postarei as cenas da animação perdida q cheguei a fazer.

Obrigada pela atenção. 


sábado, 15 de novembro de 2014

NOTA: "Os mano não andaram no sapatinho", diz Luque sobre as mudanças no CQC

Marco Luque,do CQC da Band, faz uma minitemporada no Teatro Pedro Ivo, em Floripa, a partir desta sexta-feira até domingo do seu elogiado stand up comedy. Este Visor, fã confesso do programa, bateu um papo por e-mail com o apresentador que está na bancada desde a estreia há sete anos.
A conversa, claro, girou em torno das mudanças no programa a partir de 2015 com a saída de Marcelo Tas, que comanda ao vivo todas as segundas-feiras aquela bagaça fumegante, como o próprio autodefine. O detalhe é que a entrevista foi com Jakcson Five, o personagem mais conhecido de Luque, um motoboy da Zona Leste de Sampa.
Afinal, nóis capota, mais num breca, custe o que custar. Confira:
Como vai ficar a bancada com a saída de Marcelo Tas?
A quebrada vai ficar desfalcada,o nosso Zidane cuidava bem do meio de campo.
Você é o último sobrevivente da turma original. Os outros tombaram por quê?
Os manos não andaram no sapatinho.
Cada vez que você aparece, as “mina pira” ou isso é papo de bambi?
É papo de bambi mano, minha quebrada é humor!!!
Qual o rap que você dedicaria ao CQC?
“Muita treta” do Pregador Luo
Fonte: Visor - por Rafael Martini (Diário Catarinense)

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Dan Stulbach assina contrato com a Band para comandar o 'CQC': 'Mudança grande'

Dan Stulbach assinou seu contrato com a Band nesta terça-feira (11) e já iniciou com as mudanças para o novo formato do "CQC". O ator, que vai assumir o posto de Marcelo Tas a partir de março do ano que vem, revelou que vai influenciar na escolha de novos nomes para o programa.
"Hoje (terça-feira, 11) tivemos a primeira reunião sobre o novo programa. Haverá um cenário novo, novos quadros e, a partir da semana que vem, vou ajudar a escolher novos integrantes. A bancada ainda não está fechada. Eu costumava assistir ao 'CQC' sob o comando do Tas, um cara que eu respeito e admiro. Talvez eu o encontre nos próximos dias para a gente tomar um chope e ele me dar umas dicas (risos). Sei que será ao vivo, vou poder improvisar na bancada, ajudar no roteiro e, claro, usarei terno e óculos escuros", disse em entrevista à revista "Veja São Paulo". Rafael Cortez assinou novamente com a Band e estará de volta ao "CQC".
Há dezessete anos na TV Globo, Dan também falou sobre a decisão de mudar de emissora. "Há uma semana, fui procurado pela Band com essa proposta concreta de apresentar o CQC, um programa interessante, que mistura jornalismo com humor. Permaneci muitos anos na Globo, fiz trabalhos bons lá, como 'Os Maias', em 2001, 'Mulheres Apaixonadas', em 2003. Minha relação com toda a equipe é ótima. Nunca havia trabalhado na Band antes. Dá um frio na barriga deixar a Rede Globo depois de tanto tempo, mas o projeto foi desafiador. No mais, seguirei com meus outros trabalhos: dirijo o teatro Eva Herz, seguirei no GNT (no programa 'Saia Justa'), na CBN e no teatro, com a peça, 'Meu Deus! É muita coisa', mas vai dar para fazer tudo (risos)", explicou.
Ator vai ganhar em torno de R$ 40 mil
O salário de Dan Stulbach deve ficar entre R$ 30 a 40 mil reais na Band. O ator, que não tinha contrato fixo com a TV Globo, foi incentivado pela emissora a ir para a concorrência.
Dan também conversou com a Band sobre o retorno da teledramaturgia na emissora. "A primeira ideia não seria fazer uma novela, mas recomeçar o departamento com uma série. Conheço muitas pessoas na área, posso trazer roteiristas, diretores, atores... Talvez eu mesmo possa atuar ou dirigir. Não há uma definição ainda, se será humor ou drama, só um projeto e há um espaço no meu contrato para colocá-lo em prática", contou.
No último dia 4, Marcelo Tas compartilhou uma carta de despedida publicada no blog da Band. "Me sinto sortudo demais por conviver com gente tão talentosa com quem aprendi a reinventar a minha própria trajetória na TV. Quero abraçar e reconhecer a Band, que teve a ousadia de botar essa bagaça fumegante no ar e depois acolher minha decisão e propor novos horizontes", diz um trecho do texto.
Fonte: Pure People

Rafael Cortez assina contrato com a Band e retorna ao 'CQC' em 2015

O bom filho a casa torna. Rafael Cortez assinou contrato e está de volta à Band. O apresentador retorna ao "CQC" em 2015. A atração está passando por um processo de reformulação. Na bancada, Marcelo Tas será substituído por Dan Stulbach na próxima temporada. O ator deve receber cerca de R$ 40 mil para apresentar o programa.
Segundo a colunista de TV Patricia Kogut, Rafael será apenas repórter e não vai integrar a bancada do programa. O repórter deixou o programa da Band em 2012, quando assinou contrato com a Record. Na emissora de Edir Macedo, o apresentador ficou à frente do "Got Talent Brasil" (em 2013) e do "Me Leva, Contigo" (neste ano), além de ter participado do especial de fim de ano "A Família Trapo".
Outro ex-integrante que pode retornar a "CQC" é Rafinha Bastos. O apresentador do "Agora é Tarde" está cotado para reassumir a bancada do programa. É que Dani Calabresa deve trocar a Band pela Globo. Rafinha deixou a Band em 2011, após fazer uma piada envolvendo Wanessa. Ele retornou à emissora no ano passado para ser repórter do programa "A Liga".
Mais mudanças no 'CQC'
O quadro de repórteres do programa está em processo de mudanças. Felipe Andreoli, Lucas Salles e Maurício Meirelles foram os únicos chamados para renovar contrato até a última sexta-feira (7). Oscar Filho, Ronald Rios e Guga Noblat devem ser dispensados, assim como Naty Graciano, que ainda tem contrato com a emissora.
Marcelo Tas usou o blog da Band para se despedir do programa na última terça-feira (4). "Tive uma conversa franca e tranquila com meus colegas e com a direção da Band. Desde o final do ano passado, estou amadurecendo uma decisão que divido agora com vocês: vou deixar o CQC no final do ano", disse o eterno intérprete do professor Tibúrcio do programa infantil "Rá Tim Bum".
"Foi um árduo e longo processo para chegar até as profundezas do óbvio: há hora para tudo, inclusive para iniciar e encerrar uma jornada. Não foi uma decisão fácil. Tenho a consciência de ter oferecido alguma contribuição para o projeto que revelou talentos e virou referência para o humor e o telejornalismo brasileiros", acrescentou Marcelo, que falou sobre o filho transgênero, recentemente.
Fonte: Pure People

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Repórter do CQC diz ter descoberto demissão pela internet

Ronald Rios foi ao Twitter e se mostrou surpreso ao ver seu nome em lista de dispensa

O humorista Ronald Rios foi pego de surpresa por uma notícia nesta sexta-feira (7). O repórter (ou ex) do CQC viu seu nome em uma suposta lista de dispensa do programa, que passa por reformulações para 2015, e não entendeu nada. 


"Não é assim nas melhores empresas? A sua demissão chega online!", brincou 
Ronald. O humorista Danilo Gentili, ao saber da notícia, também se manifestou.
 "Sempre respeitando os funcionários", disse ele ao divulgar uma manchete
 também no Twitter. Danilo fez parte do elenco de estreia do CQC, em 2008. 

Fonte: Diversão Terra

Ronald Rios descobre suposta demissão do “CQC” em site e ironiza ‘aviso prévio’ pela web

O humorista Ronald Rios foi surpreendido por um suposto “aviso prévio” publicado na internet. Ele, Oscar Filho e Guga Noblat estariam fora da equipe do programa “CQC” no próximo ano, que deve passar por reformulações, conforme aponta o portal Notícias da TV. Em seu perfil oficial no Twitter, o "ainda" integrante da atração ironizou a situação.


“Abriu o UOL e foi demitido”, escreveu ele na manhã desta sexta-feira (7/11). Rios, no mesmo post, menciona também a reportagem que fala sobre as eventuais modificações no quadro de repórteres do time do humorístico da Band. O texto informa que a emissora estaria se preparando para dispensar pelo menos metade do atual elenco, ou sejam dos sete repórteres, apenas três devem continuar.

Felipe Andreoli, Lucas Salles e Maurício Meirelles já estariam em processo de negociação e Naty Graciano tem a permanência na equipe incerta. Além deles, Dani Calabresa também deve deixar a bancada da atração, assim como Marcelo Tas. Em seu lugar, Rafinha Bastos é dado como praticamente certo, e ficará ao lado do humorista Marco Luque e do ator Dan Stulbach em 2015. 

As decisões devem ser anunciadas na próxima semana. Rafael Cortez, ex-integrante que hoje está sem programa na Rede Record, também poderá reforçará o novo “CQC”.

À IMPRENSA, a Band confirmou a saída do apresentador Marcelo Tas e informa que a grade de programação ainda está sendo planejada; o que demostra que contratações e dispensas não foram realizadas.

Fonte: Portal Imprensa



Band vai dispensar metade do elenco do CQC; veja quem sai


A Band vai dispensar pelo menos metade do atual elenco do CQC, que sofrerá sua maior reformulação em 2015. Dos sete repórteres, apenas Felipe Andreoli, Lucas Salles e Maurício Meirelles foram chamados para negociação. Já Oscar Filho, Ronald Rios e Guga Noblat devem sair. Naty Graciano têm contrato por mais um ano, mas nos bastidores da Band sua permanência no CQC é incerta. Além deles, Dani Calabresa deixa a bancada em dezembro, assim como Marcelo Tas, e deverá ser substituída por Rafinha Bastos, que se unirá a Marco Luque e Dan Stulbach. A emissora baterá o martelo na próxima semana.

Integrante mais antigo do CQC, Oscar Filho lidera a lista de dispensas do humorístico, que sofre a pior crise de audiência desde a estreia, em 2008. Quando Marcelo Tas anunciou que deixaria o programa, na madrugada de terça-feira (4), o humorista escreveu uma "carta de repúdio" à saída do apresentador, também em tom de despedida.

Outros dois repórteres serão dispensados pela Band. Ronald Rios começou em 2012 e atuou em coberturas internacionais, como o conflito na Faixa de Gaza, em julho. Guga Noblat estreou em junho de 2013 e cobre política. 

Dos remanescentes, Felipe Andreoli, também da primeira formação do humorístico, negocia a contragosto, pois já manifestou o desejo de sair para ter um programa próprio, mas sua última tentativa, Deu Olé, fracassou e saiu do ar em 2013. Maurício Meirelles e o novato Lucas Salles também continuam no CQC em 2015.

Para a bancada, o retorno de Rafinha Bastos está praticamente certo, apesar de ele ter negado nesta quinta-feira (6) que recebeu convite da Band. O humorista, que deixou o CQC em 2011 após ter sido suspenso por piada com o bebê da cantora Wanessa Camargo, substituirá Dani Calabresa, que já é dada como fora do programa.

Rafinha Bastos dividirá a apresentação do CQC com Marco Luque, único integrante da atual bancada que está renovando contrato com a Band, e Dan Stulbach, substituto de Marcelo Tas, que deve assinar na semana que vem. Bastos continuará no comando do talk show Agora É Tarde, que segue na programação da emissora em 2015. Ex-repórter do CQC, Rafael Cortez, atualmente na "geladeira" da Record, reforça o programa em 2015. 

Fonte: UOL

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Band confirma saída de Marcelo Tas do CQC; humorista terá nova série


Diretor-geral de Conteúdo da Band, Diego Guebel confirma a saída de Marcelo Tas da bancada do CQC em 2015. Ontem (3), (matéria postada dia 04/11) Guebel se reuniu com Tas e iniciou as negociações para a renovação do contrato do apresentador, que vence em dezembro. A Band quer Tas à frente de um novo projeto, uma série reeditando o repórter Ernesto Varella, personagem que ganhou fama e prestígio nos anos 1980 ao fazer perguntas constrangedoras a políticos como Paulo Maluf.

"Ele vai sair do CQC, mas vai seguir ligado à Band com outro projeto para 2015. Tenho muito boa relação com Tas e acho ele super-talentoso", elogia Guebel. O ator Dan Stulbach é no momento o nome mais forte para substituir Tas na bancada do humorístico.

O CQC vai passar passar no ano que vem pela mais profunda reformulação desde a estreia, em 2008. A bancada será totalmente renovada. Também sairão Marco Luque e Dani Calabresa. Alguns repórteres também deixarão a atração.

A temporada 2014 do CQC tem a mais baixa audiiencia da história do programa. Em 29 de setembro, o a atração, que até o ano passado dava mais de cinco pontos de média, marcou apenas 2,4, superando em apenas três décimos a audiência do horário eleitoral gratuito exibido pela Band na mesma noite.

Fonte:  Notícias da tv - UOL

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Mudanças no 'CQC': após @MarceloTas anunciar saída, @MarcoLuque acerta por mais um ano

Aos poucos, a Band vai definindo como ficará o elenco do "CQC" em 2015, após a saída de Marcelo Tas. Na madrugada desta terça-feira, 4, Tas anunciou em seu site que, após sete anos, deixará o "CQC" no fim do ano.
"Tive uma conversa franca e tranquila com meus colegas e com a direção da Band. Foi um árduo e longo processo para chegar até as profundezas do óbvio: há hora para tudo, inclusive para iniciar e encerrar uma jornada. Estou com o coração quente e a alma leve", escreveu Tas.
Nesta terça, Marco Luque, que também faz parte da bancada, acertou sua permanência no programa por mais um ano. Felipe Andreoli ainda negocia com a emissora e deve decidir o seu destino até o fim desta semana.
Dani Calabresa ainda é uma incógnita.
Fonte: O Globo
Imagens: Google

Agora é oficial: Marcelo Tas anuncia que sairá do CQC

Já fazia algum tempo que se comentava no meio televisivo sobre um desgaste na fórmula do CQC (e na do Pânico também, aliás). Não demoraram a surgir rumores de que toda a bancada do humorístico que ocupa as noites de segunda-feira da Band seria trocada, inclusive Marcelo Tas, "cabeça" do time desde a estreia, em 2007.
Ainda não se falou nada oficialmente a respeito dos demais integrantes, mas Marcelo Tas comunicou oficialmente nesta madrugada que sua saída vai mesmo acontecer. Está programada para o fim deste ano. Confira abaixo a íntegra do texto que ele publicou em seu perfil pessoal do Facebook e em seu blog.
"Esta semana, completo sete anos no CQC. Cheguei à Band em Novembro de 2007 para ajudar a preparar a estreia do programa no Brasil para Março de 2008. Escrevo na madrugada de terça-feira. Acabo de chegar em casa, depois da transmissão ao vivo do programa. Hoje foi um dia e uma noite muito especiais. Tive uma conversa franca e tranquila com meus colegas e com a direção da Band. Desde o final do ano passado, estou amadurecendo uma decisão que divido agora com vocês: vou deixar o CQC no final do ano.
Foi um árduo e longo processo para chegar até as profundezas do óbvio: há hora para tudo, inclusive para iniciar e encerrar uma jornada. Estou com o coração quente e a alma leve. Aquecido pela emoção porque o CQC significa muito para mim, não foi uma decisão fácil. De alma leve pelo sentimento de dever cumprido. Tenho a consciência de ter oferecido alguma contribuição para o projeto que revelou talentos e virou referência para o humor e o telejornalismo brasileiros.
Me sinto sortudo demais por conviver com gente tão talentosa com quem aprendi a reinventar a minha própria trajetória na TV. Quero abraçar e reconhecer a Band, que teve a ousadia de botar essa bagaça fumegante no ar e depois acolher minha decisão e propor novos horizontes.
Envio minha imensa gratidão a você, telespectador e telespectadora da nova era da Comunicação, como a Carolina, da montagem acima, que me alimentam todos os dias com carinhos e puxões de orelha mega sinceros. A jornada ainda não acabou. Até o último programa do ano, estarei no CQC com todo o meu coração, alegria e penteado.
Ao infinito e além, turminha!"
Fonte: R7

domingo, 2 de novembro de 2014

WEBCOMIC #4 "OS JUSTICEIROS" - PÁGINA 15


Marcelo Tas deve deixar o programa CQC em 2015

Por conta da baixa audiência, Dani Calabresa e Marco Luque também não farão mais parte da bancada
O programa humorístico vai passar por uma reformulação para o próximo ano. De acordo com o site Notícias da TV, toda a bancada do programa será trocada e, o âncora da atração, Marcelo Tas, deve deixar o programa.
Dani Calabresa e Marco Luque podem ficar como repórteres ou apresentadores de quadros, caso continuem no CQC. O programa enfrenta a maior crise de audiência desde a sua estreia. Ainda segundo o site, em 29 de setembro, o CQC, que marcava mais de cinco pontos de média, teve 2,4, ficando apenas três décimos acima do horário eleitoral, exibido pela emissora no mesmo dia.
Fonte: Diário de São Paulo

Band decide reformular "CQC" e Marcelo Tas deve deixar programa

Dani Calabresa e Marco Luque, que integram a bancada, podem se tornar repórteres caso continuem por lá.

Em 2015, o “CQC", da Band, passará por sua maior reformulação desde a estreia, em 2008, e deve ter toda a bancada renovada. Marcelo Tas, que comanda a atração desde o início, também deve sair do projeto.
De acordo com o jornal "O Estado de S. Paulo", Dani Calabresa e Marco Luque, que integram a bancada, podem se tornar repórteres caso continuem por lá.
Porchat e Cortez
A produtora dona do formato do “CQC”, originalmente argentino, já está à procura de novos apresentadores. Fábio Porchat foi o primeiro a ser procurado, mas teria recusado a proposta.
Já Rafael Cortez, que deixa a Record em dezembro e volta à Band em 2015, é um dos nomes mais cotados para a bancada.
A temporada 2014 do "CQC" tem sido a pior no Ibope da Grande São Paulo desde que o programa estreou. Em 29 de setembro, a atração, que até o ano passado dava mais de cinco pontos de média, marcou apenas 2,4.
Fonte(s): Portal O Dia e MSN