sexta-feira, 25 de março de 2016

Rafael Cortez e Marco Luque, ex-CQC, são contratados pela Globo

Luque fará parte do "Altas Horas" e Cortez vai para o "Vídeo Show"

Dois humoristas ex-CQC foram anunciados nesta terça-feira como novos contratados da Globo: Marco Luque fará parte do elenco fixo do programa Altas Horas, enquanto Rafael Cortez participará do Vídeo Show.

Luque deve participar de maneira fixa do programa comandado por Serginho Groisman, mas não se sabe se ele terá um quadro ou se ficará junto aos convidados.

Luque e Cortez se unem a outros ex-CQC que foram contratados recentemente pela Globo: Dani Calabresa faz participações no Zorra e no Tá no Ar, Felipe Andrioli é membro do Encontro e Monica Iozzi, o mais famoso dos nomes, saiu recentemente da bancada do Vídeo Show, onde fez muito sucesso, para investir na carreira de atriz.

Ex-CQC Rafael Cortez é o novo repórter do 'Vídeo Show': 'Acabou a miséria'

Depois da chegada de Maíra Charken à bancada do "Vídeo Show", no início do mês, e da estreia da ex-BBB Ana Paula Renault como repórter do vespertino da TV Globo, foi a vez de Rafael Cortez ser anunciado como reforço da atração. O ex-integrante do extinto "CQC", da Band, e que também teve uma passagem pela Record, foi apresentado por Maíra e Otaviano Costa na tarde desta quinta-feira (24).
Cortez, que teria recebido apoio da amiga Monica Iozzi para ir para a emissora, entrou no estúdio do programa e brincou: "Gente, estamos na Globo. Acabou a miséria!". "Venceu na vida", respondeu a apresentadora, bem-humorada. "É porque a Maíra e eu éramos de teatro e no camarim só tinha coxinha fria", explicou em seguida o novo repórter da atração. "Eu só vim aqui porque tem comida de graça. Estou aqui pela comida e porque alguém está alienado, enlouquecido e me contratou", continuou Rafael, em clima descontraído. "Eu quero mostrar, Brasil, que eu tenho um contrato. Eu sou contratado da Rede Globo de Televisão", disse, exibindo o crachá da emissora.
Rafael vai atuar como repórter principalmente em São Paulo, mas eventualmente apresentará o "Vídeo Show", como já faz Joaquim Lopes. "E eu torço para que vocês faltem bastante para que eu possa vir muitas vezes", brincou ele. "Que várias gripes te acometam", brincou Cortez com Maíra, se dirigindo a Otaviano em seguida: "Que você também seja tomado por uma tuberculose". Ele ainda derrubou pipoca na bancada e não segurou o riso ao lado dos novos companheiros. Nas redes sociais, o repórter comemorou a chegada à nova casa. "A primeira vez na Globo a gente nunca esquece!", escreveu.

segunda-feira, 14 de março de 2016

(Uma pena! u.u) Após saída de Stulbach, Tas avisa que não volta ao "CQC"

Logo após a informação oficial sobre a rescisão de contrato entre Band e Dan Stulbach, face ao compromisso que existia para o "CQC", surgiram especulações sobre o retorno do Marcelo Tas.
E de uma possível volta dele ao "CQC" no ano que vem, como, aliás, é o desejo de muitos que nunca aprovaram a troca.
Só que nem uma coisa e nem outra. O próprio Tas, consultado, diz: "os sete anos à frente do 'CQC' foram fundamentais na minha vida profissional. Se existisse a hipótese, ficaria honrado e grato pelo convite, mas recusaria. Estou muito feliz na Globosat ['Papo de Segunda', GNT], onde tenho muitos horizontes a conhecer e ampliar meu trabalho como comunicador e autor de TV".
Além do mais, a Band não tem rigorosamente nada decidido sobre a volta do programa. É uma possibilidade próxima do zero

Ex-CQC! Dan Stulbach deixa a Band e negocia papel em novela da Globo


nsatisfeito com seu rumo na Band, Dan Stulbach rescindiu seu contrato com a emissora paulista, nesta quarta-feira (9). Ex-apresentador do "CQC", o ator estava escalado para protagonizar uma série sobre a história do Brasil no canal.
Segundo a coluna do jornalista Flávio Ricco, o rompimento foi amigável e ninguém terá que pagar multa.
O ator Dan Stulbach assinou nesta quinta (10) a rescisão de seu contrato com a Band, onde apresentou o programa "CQC" entre março e dezembro de 2015, quando a atração foi extinta pela emissora do Morumbi.
"Assinei a rescisão há poucas horas", disse ele ao UOL, após apresentar na noite desta quinta-feira (10) a comédia política "Morte Acidental de Um Anarquista" no Teatro do Masp, em São Paulo, onde fica em cartaz até 28 de abril.
Assim que o espetáculo acabou, Stulbach recebeu com exclusividade a reportagem na plateia do teatro. "Rescindi hoje [com a Band]. A gente vinha negociando isso há muito tempo. Saí tranquilo com o Diego Guebel [diretor artístico da Band] e com todo mundo lá. Agora, não tenho exclusividade com nenhum canal de televisão", informou.
Sem revelar valores, Stulbach contou que "a Band pagou a multa rescisória". Questionado se já é sondado pela Globo, o ator disse que, por enquanto, não há nada concreto, mas lembrou que é querido por muita gente na emissora carioca.
"Deixei muitos amigos na Globo. A Maria Adelaide Amaral [novelista da emissora] é minha amiga e veio ver minha peça. O cinema está me chamando muito este ano. Agora mesmo nesta sexta pela manhã estou indo para o Rio rodar o filme do Jayme Monjardim, que também é da Globo, 'O Vendedor de Sonhos'. Também fiz uma participação no novo filme do Renato Aragão ['Os Saltimbancos Trapalhões 2 - Rumo a Hollywood'], outro artista da Globo".
Rápido no gatilho, Stulbach já está negociando seu retorno à TV Globo. O famoso está mexendo seus 'pauzinhos' para fazer parte do elenco de uma das próximas novelas das 21h da emissora carioca.
Se tudo der certo, o bonitão fará parte do elenco de "Sagrada Família", folhetim de Maria Adelaide Amaral e Vicent Villari, com estreia prevista para o segundo semestre.
"Não me arrependo"
Stulbach afirmou que não se arrepende de ter deixado a Globo e ido para a Band.
"Eu mudei porque entendi que tenho de ser dono de mim mesmo, fazer as coisas que tivessem a ver comigo", analisou.
Em sua visão, a experiência no "CQC" foi válida. "Aprendi muito no 'CQC'. Minhas opiniões no programa vinham de maneira livre, não havia roteiro ou teleprompter [aparelho que passa o texto para os apresentadores]. O 'CQC' para mim foi um aprendizado de elaboração de pensamento, de ritmo, de me relacionar com o público. Não me arrependo", disse.
A reportagem perguntou, caso fosse novamente convidado, se toparia substituir outra vez as férias de Fátima Bernardes, no matutino "Encontro com Fátima Bernardes", o que ele já fez com sucesso na Globo.
"Eu adoro a Fátima. Mas até tenho medo desse tipo de pergunta, porque outro dia me perguntaram se eu toparia fazer um programa como o do Jô Soares, eu disse que sim, e aí soltaram a manchete: 'Adoraria substituir o Jô, diz Dan Stulbach'. Então, é melhor ir com calma. O que eu digo é que adoro a Fátima e tenho uma ótima relação com o Boninho [diretor do 'Encontro']", declarou.

Ex-CQC Marco Luque assina com a Globo e fará série com Monica Iozzi

Humorista vai atuar em 'A Advogada do Diabo', que também tem Tony Ramos no elenco

Monica Iozzi deixou a apresentação do "Vídeo Show" no último mês para se dedicar à teledramaturgia na Globo. A atriz vai protagonizar "A Advogada do Diabo" e, além da parceria com Tony Ramos, ela terá um velho conhecido no novo trabalho. Segundo o colunista Flávio Ricco, Marco Luque, com quem ela atuou no extinto "CQC", acaba de assinar com a emissora e também vai trabalhar na série, que também poderá ser batizada de "Vade Retro". No último sábado (27), ele já participou de um quadro no "Caldeirão do Huck", interpretando seu conhecido personagem Jackson Five.
Apesar de ainda não ter previsão de estreia, as gravações começam ainda no primeiro semestre de 2016. O programa - um suspense com toque de humor - é escrito por Fernanda Young e Alexandre Machado e se passa no mundo corporativo em São Paulo, com boa parte das gravações na capital paulista.
Antes da confirmação da ida de Luque para a TV Globo, Monica tentou levar outro ex-colega de "CQC" para a emissora. De acordo com a colunista Keila Jimenez, ela deu força para Rafael Cortez se transferir para a empresa onde, além de Monica, também atua outro antigo repórter do programa da Band,Felipe Andreoli
Monica tem visto negado para viajar aos EUA
Antes de estrear a nova série, Monica vem fazendo participações em programas da Globo. Antes de ir ao "Altas Horas", no último sábado (27), onde deu declarações polêmicas sobre sexo, ela tentou gravar um especial do "Estrelas", mas não conseguiu. A atriz e apresentadora viajaria com Angélica para os Estados Unidos, mas teve o visto negado pelo consulado americano e não pôde embarcar..